Alimentos Contaminados

A maioria dos casos de alimentos contaminados se dá pela manipulação dos mesmos, porém o modo como eles são cultivados (criados ou fabricados), transportados e armazenados são fatores importantes na qualidade final do alimento. Portanto separei uma lista de alimentos e cuidados que devemos ter para evitar contaminações.

Validade: Verifique sempre a data de validade do produto, fique atento também a data de validade do produto após aberto. Doces caseiros vendidos em mercearias, padaria e supermercados também devem vir com essa informação.

Embalagem: Nunca compre alimentos que tenham sua embalagem violada, a embalagem é a sua garantia que o produto está em boa condição de uso. Em supermercados é comum a pratica de furar as embalagens para estas ficarem melhor acondicionadas nas prateleiras, porém isso abre portas para a contaminação, portanto sempre que ver essa pratica denuncie a vigilância sanitária.


Produtos refrigerados: Verifique as condições do refrigerador e se a temperatura alcançada está visível ao consumidor e ainda se esta temperatura é a recomendada pelo fabricante, tenho o cuidado com o transporte desse alimento para que o mesmo permaneça o menor tempo possível fora da refrigeração.


Produtos congelados: Mantenha os mesmos procedimentos dos produtos refrigerados, verifique também qualquer sinal de amolecimento do produto isso indica um possível descongelamento. Não compre esse produto e denuncie, o descongelamento muda as características do produto e ainda pode levar a uma possível contaminação.

Vegetais in natura: (Frutas, tomate, couve, alface, berinjela entre outros) Lave - os bem, em água corrente e com fricção, a parte da bucha que é amarela serve, só tome o cuidado de ter uma bucha destinada somente para isso. E faça a sanitização desses alimentos e uma solução de água com a água sanitária. É bem simples, pra cada litro de água um colher de sopa de água sanitária. É só deixar submerso durante 30 minutos e enxaguar em água corrente.

Vegetais processados: Vegetais que são comprados já cortados, geralmente embalados a vácuo, devem ter recebido tratamento adequado antes do processamento, porém como não se pode garantir que todas as empresas que processam alimentos cumprem com os seus deveres os melhor a se fazer é consumi-los sempre cozidos, pois passando pela cocção a sua carga microbiológica (bactérias e fungos) é eliminada em sua maior parte.

Restaurantes, bares e lanchonetes: Sempre repare no local onde você está comendo, se os pratos, talheres e copos estão bem limpos, assim como o chão e o banheiro, pois isso também é um indicador da limpeza e organização interna, ainda repare se o banheiro está localizado perto da cozinha, quanto mais perto, maior o risco de contaminação. Evite comer alimentos que levam maionese, creme de leite, e outros molhos e ficam expostos por muito tempo (como em Self-service), pois esses alimentos são os mais envolvidos em contaminações. Se for viajar e comer em beira de estrada, repare nas mesmas coisas porém se não confiar e não houver outro lugar próximo para comer, prefira produtos industrializados, sempre verificando a data de validade.

Cereais : Houve um grande aumento nos últimos anos no consumo de cereais como aveia, linhaça, chia, gergelim, entre outros porém também é necessário cuidados ao comprar e consumir esses produtos. Se for comprar a granel verifique o local onde você está comprando, se está livre de insetos, umidade, longe de animais além da higiene do local, pois isso pode contaminar o produto. Existe hoje no mercado várias marcas que já embalam estes produtos, isso diminui o risco de contaminação, pois o produto fica menos exposto a condições externas. E lembre -se na duvida da procedência do produto nunca efetue a compra ou o utilize.